Fim dos Tempos

17:08


Este filme prova que os críticos são fundamentais ao cinema. É de bom tom escolher um crítico, um entendedor de cinema e que tenha um texto fluido e interessante e acompanhar suas opiniões. O crítico ou até o bom resenhista tem acesso aos filmes antes dos pobres mortais e sua obrigação é assití-los com atenção e escrever sobre, para informar e alertar seu leitor. Faço parte deste grupo de forma bastante humilde e caí na besteira de perder minha tarde neste filme sem propósito.

Fim dos Tempos é o filme em cartaz do M. Night Shyamalan, diretor dos bacanas O Sexto Sentido, Corpo Fechado e A Vila. Mesmo tensa com a perspectiva dele fazer algo parecido com Sinais, filme que odeio por usar o argumento dos ets como solução fácil de um roteiro cheio de expectativas, fui em frente, ignorei minhas inclinações mesmo tendo visto o trailer e fui ver. Gastei dinheiro e paciência e ganhei o ódio momentâneo dos meus amigos.

Esta é a estória em que pessoas subitamente morrem na costa leste dos Estados Unidos. Elas estão em ambientes amplos e expostos à natureza e, do nada, param o que estão fazendo, como aquela brincadeira de estátua, dão três passos pra trás e se matam com a primeira coisa que encontram pela frente. O trailer mostra isso. As autoridades buscam soluções. As cenas de morte são bacanas. O Mark Wahlberg é péssimo, mas, pensamos, com uma estória bacana ele passa despercebido. Mark Wahlberg é o professor de ciências que, como outros tantos e sem motivo, consegue se safar da síndrome desconhecida.

Roteiro péssimo, com diálogos ainda piores, sublimados com interpretações superficiais de grande parte dos atores transformam sua duração num tormento. A parte divertida é muito rápida: o coordenador da escola em que trabalha o maldito professor de ciências é nosso companheiro Alan Ruck, o Cameron Frye, melhor amigo de Ferris Bueller, em Curtindo a Vida Adoidado, agora grisalho. Espectadores saem da sala, outros se enterram nas poltronas. Não há o que fazer. E vem a explicação para o misterioso fenômeno: talvez uma neurotoxina natural, produzida pelos homens ou produzida e espalhada pelas plantas (!) contamina os humanos e eles ficam desorientados, perdem a vontade de viver e se matam. Então, quando passar um vento e as folhas das árvores de mexerem, fique atento: você talvez seja vítima da fúria da natureza. Talvez sim, porque ninguém sabe porque mata uns e não mata outros. Ponto.

Deste filme nada presta. É triste e duro dizer isso, mas o fato é que é muito ruim. A impressão que dá é de que o roteiro começou a ser escrito, aconteceu a greve dos roteiristas nos Estados Unidos e, para não atrapalhar o cronograma, alguém tomou as notas do roteirista e destruiu o que poderia ser, quem sabe, uma estória legal. É surpreendente que o M. Night tenha acabado com a confiança de seus espectadores desse jeito. É misterioso como ele conseguiu dirigir um Sexto Sentido e este filme anos depois. Será que ele bateu a cabeça? E como os atores toparam se queimar desse jeito? Será que eles tinham muitas dívidas? Perguntas que não têm respostas... bem como o porquê da existência do filme. Uma coisa é certa: não indique a seus amigos.

HISTÓRIAS SEMELHANTES

5 comentários

  1. PERDA DE TEMPO
    (pelo menos eu nao pago)
    hueheuheueuhu

    ResponderExcluir
  2. Vc contou o filme todo! rs
    Eu falei no trailer q n era bom... =P

    ResponderExcluir
  3. mari musse17 junho, 2008

    Ante a esse seu desabafo eu até já te perdoei por ter me levado para assistir essa "pérola" do cinema!!!

    bjs!!!!

    ResponderExcluir
  4. Reure odiou. Uma amiga nossa, que respeitamos muito em opiniões fílmicas gostou.. mas até agora computei 2 a 1... não verei... acho Sexto Sentido e Corpo Fechado Geniais.. não vi Sinais e não gosta de A Vila nem de Dama Da Água.. acho que é esse o problema.. enfim.. fico feliz port er visto Sex and The City hj e por saber que o próximo da lista deve ser Indy 4... o que a senhorita quer de mim? Queria tanto, mas tanto te visitar nessa cidade linda... ;)

    ResponderExcluir
  5. Vi ontem esse filme. Detestei tb. Sem sentido nenhum :P

    ResponderExcluir

Contato | Parceria

Nome

E-mail *

Mensagem *