Eu vim, mas só porque não teve jeito...

18:16

Estava eu aqui, deitada no sofá, lendo a revista da tv do jornal O Globo, quando, na página sete, me deparo com uma aberração. Para quem tem esse exemplar do fim de semana passado, verá aí uma entrevista com o Marcelo Tas, que lançou um programa de tv na Bandeirantes nas noites de domingo. Obviamente não estamos tratando dele, mas da coluna ao lado de sua entrevista, intitulada: Saúde & Beleza.

Tudo ia bem com minha leitura do Marcelo Tas, quando leio "Lipoaspiração de Beverly Hills" e o que me chama mais atenção nesta propaganda em formato de cartão é a loira de biquini que a acompanha. Ela segura um pote e pense no que tem dentro: sua própria e escandalosa GORDURA! Fiquei pensando que não seria possível tamanho mau gosto assim, escancarado e analisei bem de pertinho. Na propaganda logo abaixo desta há mais um cartão da "Lipoescultura Beverly Hills" e vemos um homem e duas mulheres, agora vestidos, com tarja nos olhos, como fazem com os menores na televisão, segurando sacos cheios de GORDURA!

Eu não posso ser a única pessoa desta terra ensolarada a se assustar com isso... enfim. Foi um desabafo. Mas uma pergunta ainda me cutuca o espírito: Por que os infelizes donos das clínicas acharam interessante pôr as gorduras das pessoas ao lado delas? Elas estão orgulhosas de terem sugado sua gordura numa maquininha? Elas acham que devem compartilhar sua gordura com o resto do país?

Definitivamente, estas propagandas são infinitamente piores do que a primeira da coluna que as acompanha, com uma dentadura imensa em seu cartão e a frase: "Recupere o prazer de comer falar e sorrir".

HISTÓRIAS SEMELHANTES

1 comentários

  1. afe maria! que é isso?
    acho que a idéia é assustar mesmo..será?

    ResponderExcluir

Contato | Parceria

Nome

E-mail *

Mensagem *